uj

uj

últimas notícias

terça-feira, 24 de abril de 2018

BRASILEIRÃO 2018: TUDO SOBRE A 2ª RODADA


Brasileirão 2018 entra na sua segunda rodada sem uma grande notícia. Corinthians, a exemplo de 2017, assume a ponta com duas vitórias – atropelou Paraná. Palmeiras cantado como assombração dos adversários continua sem meter medo. Flamengo respira após a emoção da despedida do goleiro Julio Cesar e vitória em cima do América-MG. E o Grêmio se resume às palavras de seu mentor Renato Gaúcho: “aula de futebol”, mas sem vencer o Atlético-PR.

Sport 1 x 1 Botafogo
Um goleiro inspirado, gramado pesado e poucas chances reais criadas. Com esses elementos, tudo indicava para um empate sem gols entre Sport e Botafogo, na Ilha do Retiro. Até que aos 40 minutos do segundo tempo as coisas resolveram melhorar: Everton Felipe superou Gatito, que brilhou na etapa inicial, e abriu o placar. Sete minutos depois, porém, Rodrigo Lindoso deixou tudo igual e jogou balde de água fria na torcida rubro-negra. 1 a 1, e ainda nada de vitórias para ambos na competição.

Palmeiras 1 x 0 Internacional
Para o exigente torcedor do Palmeiras, e pelos investimentos do time, ainda não foi o futebol dos sonhos, mas a vitória valeu. Lucas Lima começou de novo como titular e parece que Roger Machado vai nadar contra todos, embora não tenha feito o mesmo com Thiago Martins, substituído por Edu Dracena. Ponto contra Roger, já que Antonio Carlos falhou duas vezes e ficou no time e a saída de Thiago pode ter colocado o jogador como culpado do empate contra o Botafogo. O Verdão começou bem nervoso e não fosse o grande Jaílson, em dois lances de William Pottker poderia ter saído atrás no marcador. Quando se acertou começou a levar perigo e só não fez 1 a 0 porque Borja perdeu um gol de cabeça. E aí ao 39 minutos o Diogo Barbosa cruzou e o baixinho Dudu, de 1m66, se antecipou ao grandalhão Klaus, de 1m87, e fez 1 x 0. No segundo tempo veio o sufoco do Inter mas o Palmeiras se segurou e Lucas Lima, quem diria, chegou na área gaúcha e até mandou uma bola na trave. E até poderia ter tido um resultado pior se a arbitragem não tivesse anulado um gol de Leandro Damião, que recebeu na mesma linha do Diogo Barbosa, num lance muito difícil. Foi no sufoco, mas a vitória pode dar confiança ao Palmeiras, que ainda é um dos favoritos.

Ceará 0 x 0 São Paulo
Depois de uma eliminação no meio de semana para o Furacão, não dava para esperar uma grande atuação do São Paulo, mas não precisava exagerar. Mesmo a estréia do decantado Ewerton não serviu para o tricolor melhorar. Mas o Vozão também não veio pra Série A com um time de primeira divisão. O jogo foi muito chato e no primeiro tempo só teve um chute a gol, exatamente de Ewerton. No segundo tempo Diego Aguirre ainda tentou voltar com Nenê e deixar o time mais técnico mas nem isso resolveu. Mesmo assim o único chute a gol tricolor no segundo tempo foi de Nenê, em bela defesa de Emerson. E olha que poderia ter sido pior, se Sidão não defendesse o chute de Felipe Azevedo num contra-ataque. Não foi um novo vexame, mas o torcedor tricolor não vê uma luz no fim do túnel.

Chapecoense 1 x 1 Vasco
São dois times que não vão muito longe no campeonato. O interminável Wellington Paulista abriu o marcador e Andrés Rios empatou. Ficou nisso.

Atlético Mineiro 2 x 1 Vitória
Não foi o passeio que eu esperava mas o Galo fez o dever de casa. E o Ricardo Oliveira? Parece que cada vez fica melhor. O rebelde Roger Guedes fez o seu e praticamente garantiu a vitória. O time baiano ainda diminuiu, com Alex, mas tem que se cuidar.

Fluminense 1 x 0 Cruzeiro
O Cruzeiro está caindo demais e Mano Menezes vai ter trabalho com o time. Mesmo com a infantil expulsão do Gilberto, com 15 minutos, o Fluzão foi melhor. Pedro marcou logo no início do segundo tempo e foi só.

Paraná 0 x 4 Corinthians
Foi muito fácil, mas muito fácil mesmo para o Corinthians. Dessa vez o torcedor, acostumado com aquelas "goleadas" de 1 a 0, nem precisou se preocupar. O time de Carille só precisou de 25 minutos para abrir o marcador, após bela jogada entre Jadson e Sidcley que terminou no pé do artilheiro Rodriguinho. E somente um minuto depois o timão matou o jogo, em nova jogada pela esquerda, Sidcley bateu direto e fez 2 a 0, provando que a torcida não sente mais falta do Arana. Os times foram para o intervalo e a pergunta para o segundo tempo seria de quanto seria a goleada.
O Paraná é um time muito fraco e se não mudar muito estará logo de volta na Série B. Parece um carro com três rodas, não anda, não preocupa, não agride. E o que a torcida local temia aconteceu, o Corinthians não tirou o pé do acelerador. Aos 34 minutos foi a vez de atacar pelo outro lado e aí Fagner fez a jogada para o gol de Clayson. E não parou por aí, aos 40, foi a vez de Clayson ser o garçom e servir Gabriel, que marcou 4 a 0. A diferença entre os dois times é enorme. O Corinthians, mesmo contra um adversário bem inferior, jogou bem e provou que pode brigar lá em cima. E o Paraná já começa a ver o caminho de volta para a Série B.

Flamengo 2 x 0 América-MG  
Pois é né… contra o Coelho Henrique Dourado brilhou. Precisa aparecer também em jogos decisivos, incluindo Libertadores.

Bahia 1 x 0 Santos  
O Peixe teve tudo para vencer. Alguns contragolpes à disposição no segundo tempo, mas foi castigado no fim. Bruno Henrique voltou e Gabriel continua na seca. 



Blog Milton Neves
Tabela: CBF
Globo Esporte
Torcedores


BRASILEIRÃO 2018: TUDO SOBRE A 2ª RODADA
  • Title : BRASILEIRÃO 2018: TUDO SOBRE A 2ª RODADA
  • Posted by :
  • Date : 03:35:00
  • Labels :
  • Blogger Comments
  • Facebook Comments
Top