Estudo realizado pela comunidade de carreiras Love Mondays, plataforma onde profissionais avaliam as empresas onde trabalham, aponta as 20 cidades brasileiras com colaboradores mais felizes e infelizes em relação ao trabalho. O levantamento, com mais de 68 mil pessoas, entre julho de 2015 e julho de 2016, aponta que Cuiabá, no Mato Grosso, é a cidade campeã na satisfação dos profissionais. Além da capital mato-grossense, aparecem nas primeiras posições do ranking: Uberlândia (MG); Vitória (ES); Sorocaba (SP) e São José do Rio Preto (SP). Na outra ponta da pesquisa, as cidades que apontam maior insatisfação são: São Caetano do Sul (SP); Niterói (RJ); Santo André (SP); João Pessoa (PB) e Osasco (SP).
A definição das posições da pesquisa considerou as localidades que obtiveram notas em escala de 1 a 5, sendo que 1 representa ‘muito insatisfeito’ e 5 ‘muito satisfeito’. Cuiabá obteve nota de 3,73. As demais tiveram notas de 3,681; 3,664; 3,643 e 3,634, respectivamente. No lado oposto, as cidades com piores avaliações registraram pontuações entre 3,345 e 3,491. Para o ranking, foram consideradas as 51 cidades com mais de 200 avaliações e todas as opiniões foram postadas de modo espontâneo pelos profissionais.
Entre as cidades com profissionais mais felizes, 25% são da região Sul e 45% são da região Sudeste, sendo que cinco cidades estão no estado de São Paulo.  “Interessante ver que as cidades consideradas como as mais felizes não são as maiores cidades brasileiras, isto pode refletir a satisfação com a qualidade de vida em cidades menos populosas”, afirma Luciana Caletti, CEO da Love Mondays.
▬ Confira o ranking com as cidades mais e menos felizes:
► 20 CIDADES MAIS FELIZES

► 20 CIDADES MENOS FELIZES